Produtos Light - Serão Mesmo o Que Dizem?

Parece ser inofensivo, mas tornou-se habitual uma pessoa comprar produtos light porque no rótulo diz isso mesmo, light.  Mas, não olharam para a tabela nutricional para ver se se confirma. Os produtos podem até ter menos gordura, mas para retirarem gordura foram colocados provavelmente açúcares ou hidratos de carbono.  Então, serão assim tão saudáveis os produtos de “baixo valor calórico”?

Leia Também: Importância de pesar alimentos

Associar a Palavra Light

Um produto para ser considerado light tem que sofrer uma redução de pelo menos 25% nas calorias ou no sódio.  Ou seja, o facto de terem-lhes reduzido as calorias, não significa que passem a ser saudáveis, porque para corrigir esse ‘problema’ vão buscar a solução a outro nutriente. Muitas vezes os produtos continuam a ter um alto teor calórico.  

Todavia, retirar 25% das calorias ao produto, significa que, maioria das vezes, foram inseridos mais químicos ou aditivos escondidos, o que irá prejudicar a dieta.

Cuidados a Ter

Como se percebe, um produto light não é menos calórico. E, algumas das vezes até tem mais calorias que um produto original, por serem adicionados mais ingredientes ou mais açúcares. Para termos a certeza que não cometemos um erro ao comprar produtos light, devemos desde logo olhar para a tabela nutricional e verificar se não há gorduras ou açúcares ‘escondidos’.  

A melhor forma será mesmo analisar se produto é o ideal para o que procura e compará-lo sempre à versão original.

Nem Todos Estão no Mesmo Barco

Como em tudo na vida, há exceções. Há realmente produtos light significa algo e o exemplo disso é, por exemplo, a gelatina light, que normalmente tem mesmo 0% de açúcar.

Não Se Enganem Pelo Nome

É importante referir, não são só os produtos light que enganam.  O rótulo varia e deixo alguns exemplos que devem sempre ter atenção na tabela nutricional, para não voltarem a ser enganados pelo rótulo:

  • Equilíbrio
  • Natural
  • Zero
  • Fitness
  • Zero Açúcar

Haverá mais, mas são os mais comuns nos hipermercados. Mas, frisando novamente, nem todos são iguais! Há realmente produtos que compensa.  Deverá olhar para a tabela nutricional e averiguar se são realmente saudáveis.

As Bebidas Zero, são Mesmo Zero?

Existem bebidas no mercado que têm vindo a ser lançadas com rótulos de light, zero calorias, zero açúcares e por aí fora, mas nem todos são bem assim. Existem realmente bebidas que são zero, como a Coca-Cola Zero e 7UP Free, por exemplo, mas não podemos esquecer que não ter açúcar não significa que não faça mal.

Mas se São Zero Açúcares e têm Poucas Calorias

Mas não são zero sódios. Para compensar a falta de açúcar essas bebidas usam o sódio. Consumido em excesso aumenta o risco de hipertensão, derrame, problemas renais e osteoporose.  

O valor normal do sódio no nosso corpo varia entre os 135 a 145 mEq/L. A dose recomendada diária é por volta das 5 gramas por dia.  Obviamente que na nossa alimentação comum já existe sódio e não deve ser só contabilizado o sódio das bebidas. 

De qualquer forma, quando abordamos estas bebidas, não vamos dizer que são proibidas.  Podem ser consumidas e muitas vezes é usado para tentar combater a ‘gulosice’ de querermos atacar algo que não podemos na fase da dieta, mas é preciso sempre relembrar que não podemos abusar da dose. 

Num artigo de 2015 podemos verificar que foi comprovado que além dos problemas mencionados acima que podem surgir, ainda nos pode causar problemas neurológicos.

Conclusão

Mais vale olhar para a tabela nutricional e procurar os segredos que estão por trás dos rótulos.  Existem realmente produtos light que podem ser de baixo teor calórico e sem açúcar, mas verifiquem sempre se não são compensados com sódio ou hidratos que vos possa desfavorecer na dieta.

Deixe um comentário