Qual a Importância de Pesar os Alimentos

Várias pessoas perguntam qual a importância de pesar alimentos, quando queremos ganhar ou perder peso.  

A resposta é simples, controlo de quantidades e macronutrientes. Dizer que faz uma refeição com duas colheres de arroz, não é a mesma coisa que comer cem gramas de arroz.  

Existem vários tipos de colheres, com variados tamanhos, onde conseguimos diferentes quantidades sem termos noção disso. Vamos perceber a influência de pesar ou não as refeições e no que pode prejudicar na nossa dieta.

O Peso Dos Alimentos

Os alimentos têm macro e micronutrientes, onde todos eles são importantes para uma dieta saudável.  

Diariamente temos uma meta calórica a cumprir para os nossos objetivos, sejam eles de ganho ou perda de peso. Obviamente que não será por falharmos uma ou duas gramas no nosso dia que influenciará os resultados, mas ao existirem erros nas quantidades por pesarmos ao ‘olhómetro’ podemos estragar facilmente a nossa dieta.  

Ou seja, ao pesar o alimento temos noção de quantas calorias ingerimos. Como se pode ver nas tabelas nutricionais dos alimentos, todos eles vêm com macronutrientes divididos por cem gramas ou por porção. Isso é para nos fazer ver quanta quantidade de macronutrientes que iremos obter ao comer X gramas, o que, sem pesares alimentos, não sabemos as gramas ingeridas.  

A tabela nutricional não faz contas a uma colher de sopa, por exemplo. Se não sabes ler uma tabela nutricional, aprende aqui.

Exemplo da Importância De Pesar Alimentos

Vamos olhar então para um exemplo de como é importante pesar alimentos, pesar as nossas refeições. Para isso usaremos o arroz basmati. 

100 gramas de basmati equivale a 75 gramas de hidratos. Exemplo: Por dia temos que fazer quatro refeições com cem gramas de basmati cada. Isso equivale então a 400 gramas de arroz, 300 gramas de hidratos.  

Ao pesar os alimentos sabemos que cumprimos a meta que nos foi dada, neste caso de 300 gramas de hidratos. Agora, vamos supor que uma colher de sopa cheia ao limite tem cerca de 50 gramas de arroz, então temos que meter duas vezes para ser cem. 

Então é fácil… Não, não é. 

Vejamos, ir até à Google e escrevermos colher de sopa conseguimos chegar desde logo à conclusão que existem várias colheres e vários tamanhos, certo? Só por aí já podemos encontrar facilmente diferenças de 10/15 gramas por colher, o que equivalia a certa de 20/30 gramas a menos de arroz por refeição, que ao final do dia seria 80/120 gramas.  

Resultado? Menos 60/80 gramas de hidratos ao final do dia. Contudo, não conseguimos encher sempre a colher da mesma forma, nem com a mesma quantidade e poderá fazer esse teste e ver quantas vezes consegue meter as mesmas quantidades.

Estou Numa Dieta Para Emagrecer, Portanto, Se Realmente Colocar a Menos Até é Melhor Para Mim

E se colocares a mais? Pois, nunca saberás. A dieta feita ao ‘olhómetro’ não é eficaz e eu apenas dei um exemplo de arroz, um hidrato.  

Então, vamos até partir para outro exemplo que provavelmente te fará mudar de ideias.

Quanto Pesa 1 Bife de Frango?

Podemos todos ir até ao frigorífico e fazer o teste. Pesa 4 bifes de frango e vê a diferença de peso entre eles. São bem diferentes não são?  

Agora imagina comprar os bifes variando de talhante ou dos tamanhos dos frangos, tanto pode estar a comer 150 gramas de frango como 70 e o tamanho parecer semelhante.  

Por isso, na dieta podem colocar “2 bifes de frango”, mas de que tamanho? Meio prato? E a grossura? Tudo conta para contarmos as calorias que podemos e devemos ingerir por dia. Principalmente numa dieta de perda de peso, onde podemos facilmente estragar a dieta quando partimos para uma dieta que a construímos à base do olho e não do peso.

Estou a Ganhar Peso, É-me Indiferente

Não é indiferente.  

Para ganhar peso precisas de estar com calorias superiores às que necessitas para manter o peso e só conseguirás saber se estás realmente em superavit calórico se fizer contas. Não é só meter comida para a boca e esperar que estejas a ganhar peso.  

Se estiveres a comer sem contar as calorias nunca perceberás onde erras quando a balança não sobe de peso ou até pode estar é a ganhar gordura e não massa muscular porque consomes menos proteína do que deverias. Tudo isto graças a não teres noção de quantas ingeres por dia.

Conclusão

Pesar alimentos é uma rotina muito fácil de ser adaptada, colocar um prato em cima da balança e colocar comida até chegar ao número necessário não demora mais do que vinte segundos, que nos podem valer ouro ao final do mês. Ao optarmos por pesar temos noção que a meta calórica e os macronutrientes vão até aos números certos, ao valor diário.  

Assim sendo, não existem erros de ter mais ou menos calorias, porque controlamos. Se o objetivo for perder peso e não o perdemos, com o peso das refeições sabemos que temos que ajustar algo, que ingerimos a mais e não devemos ou que está na hora de retirar calorias. O mesmo é para ganhar peso, se controlamos o gasto diário e não ganhamos peso, é hora de subir e só o sabemos porque pesamos as refeições e temos noção que ingerimos X calorias e não são suficientes.

Diogo Cardoso
Coach & Criador de Conteúdo

Deixe um comentário